Uma aventura cinematográfica entre Brasil e Espanha

imagem_tropadetrapoLa Tropa de Trapo” embarca em sua segunda aventura. A primeira parte dessa animação foi lançada em 2010 e, neste ano, chegou a sequência. Desta vez, a missão é ajudar o arco-íris a recuperar suas cores e seu brilho, apagadas pelo tratamento que os seres humanos estão prestando ao planeta.

O longametragem em 3D é do diretor catalão Álex Colls, que optou por uma co-produção entre Barcelona, Galícia e São Paulo. A participação brasileira compreende não só o financiamento à obra, mas também a interpretação musical pelo grupo “Palavra Cantada”. Uma característica do filme, pouco comum neste mercado, é que os diálogos são interpretados por crianças de verdade, e não por adultos simulando vozes infantis.

Nesta entrevista à Radio Nacional de España/ Radio Exterior, Álex Colls, que atua ativamente no universo audiovisual para crianças, levanta a questão do papel educativo das produções televisivas e cinematográficas. Fala, também, do sucesso da película na Ásia e dos incentivos do governo brasileiro que lhe permitiram dar seus primeiros passos no mercado brasileiro. Escute a partir do minuto 1’15!

PLAY

* Entrevista originalmente emitida em 4 de agosto de 2014.

2