Cultura

  • Contação de contos, um costume ancestral

    By Michelly Teixeira on 7 de Abril de 2014
    Na entrevista de hoje, vamos falar de um costume ascestral: o de contar contos. E quem nos ajuda nesta tarefa é Catherine Favret, especialista em literaturas hispânica e francófona. Nascida na França, Catherine sente-se pertencer a vários lugares. A contadora de histórias de origem africana mora na Catalunha, já viveu em Portugal, tem paixão pelo Brasil e se deixa enredar […]
  • Ramón de Baños, pioneiro do cinema mudo na Espanha… e no Brasil

    By Michelly Teixeira on 4 de Abril de 2014
    Precursor do cinema mudo na Espanha e no Brasil e primeiro espanhol a dirigir um noticiário cinematográfico, feito que não se deu na Espanha, e sim, pasmem, na Amazônia brasileira. Me refiro ao catalão Ramón de Baños, que chegou a Belém do Pará no começo do século XX e já em 1909 lançou o filme “Viagem de Lisboa a Pará”, […]
  • A herança perversa da escravidão no Brasil

    By Michelly Teixeira on 28 de Febrero de 2014
    A escravidão no Brasil foi extinta em 1888, mas as relações de poder do senhor branco sobre os negros ainda resistem na sociedade brasileira. Naquela época, o abolicionista brasileiro Joaquim Nabuco já previa que a cultura escravocrata tardaria em deixar o modo de vida do brasileiro. A professora Angela Alonso, do departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo, explica como foi que Nabuco conseguiu aliados para acabar com a escravidão no Brasil - o país campeão no tráfico de escravos. E fala da evidente repercussão do regime escravocrata na sociedade contemporânea.
  • Entre a verdade histórica e o direito à privacidade

    By Michelly Teixeira on 27 de Febrero de 2014
    A censura às biografias não-autorizadas, tema que gerou muita polêmica no Brasil em 2013, promete voltar à cena este ano. A jornalista e pesquisadora brasileira Karine Moura Vieira, que esteve na Espanha e aqui deu uma conferência sobre o tema, nos fala das implicações sociais e históricas de se permitir um censura prévia às biografias. Ela também discorre sobre como garantir o direito à privacidade e destaca o papel de jornalistas neste gênero literário que tem atraído tantos leitores no Brasil.
  • Já pensou em ser outra pessoa? Agora você pode

    By Michelly Teixeira on 7 de Febrero de 2014
    Como seria o mundo se conseguíssemos ver através dos olhos de outra pessoa? A empatia traria mais tolerância? Restringiria os julgamentos, atenuaria a repressão? Certos de que a identificação traz resultados transformadores, o coletivo “BeAnotherLab” criou a “Machine to Be Another”, por meio da qual é possível enxergar, literalmente, do ponto de vista de uma outra pessoa. Parece tema de ficcão científica, mas o invento deste coletivo de investigação artística é pura realidade e se arroja sobre os universos científico e social. Escute a entrevista e entenda por que você é como percebe os outros.
  • Cantarole. Quem sabe o canto se desvela?

    By Michelly Teixeira on 6 de Febrero de 2014
    Não há como fugir: cedo ou tarde, a experiência de morar fora nos reserva grandes descobertas. No caso de Luna Cohen, ela encontrou dentro de si a arte de cantar. Quando desembarcou em Barcelona, há quase 14 anos, era no universo das artes plásticas que a brasileira transitava. Mas foi compondo e entoando canções que Luna se sentiu realmente à vontade. Só que cantar não estava nos planos de Luna. Não inicialmente. Para saber como foi essa mudança de rumo e conhecer a música do Luna Cohen Grup, escute esta entrevista.
  • Conheça o mundo e encurte distâncias

    By Michelly Teixeira on 3 de Febrero de 2014
    Que normas sociais regem o mercado de trabalho japonês? Como é morar em uma cidade com duas línguas oficiais, como é o caso de Barcelona? E o que costumam comer os autóctones de Madrid, Londres ou Berlim? Um guia turístico provavelmente não esclarecerá todas estas dúvidas, pelo menos não do ponto de vista de um residente. Mas isso é o que propõe o Sem Fio TV, um canal em que brasileiros espalhados pelo mundo contam de maneira descontraída suas experiências de morar no exterior.
  • Nostalgia anima gastronomia espanhola no Brasil

    By Michelly Teixeira on 28 de Enero de 2014
    Quando o tema é comida, os espanhóis emigrados são muito nostálgicos. Tanto que o coletivo já representa 60% dos clientes da Espacarne, que fabrica no Brasil embutidos ibéricos como chistorra, chorizo e sobrasada. Os produtos são feitos no Brasil, mas temperados com especiarias espanholas. Para contentar esse público tão nostálgico como fiel, a empresa, fundada em Curitiba por espanhóis de Múrcia, cogita até produzir em solo brasileiro o tão apreciado jamón ibérico.
  • A utopia ibérica de Saramago

    By Michelly Teixeira on 18 de Enero de 2014
    Lanzarote, Espanha. Nesta ilha canária, o escritor José Saramago morou por 18 anos, até o fim de seus dias. E foi nestas paragens, lembranças de fúria vulcânica, que a literatura de Saramago ganhou uma nova perspectiva. Da fase “Estátua”, seus escritos passaram à da “Pedra”. Na etapa Pedra, inaugurada justo em uma ilha onde a lava petrificou a paisagem, Saramago explorou mais a fundo a singular matéria da estátua, direcionando seu olhar ao indivíduo, mais que ao coletivo. Pilar del Río, jornalista e tradutora, casada com José Saramago por 22 anos, nos recebeu na casa onde viveram juntos, em Lanzarote. Ela nos fala da rotina do escritor e das obras que nasceram naquela que Saramago chamava “uma casa feita de livros”.
  • O universo feminino sob o olhar de Lispector

    By Michelly Teixeira on 11 de Enero de 2014
    A construção da identidade feminina é um dos traços marcantes da obra da brasileira Clarice Lispector. E a relação de seus personagens com o espelho expõe esta busca por uma identidade. No livro "A Hora da Estrela", Macabéa procura sua imagem, mas não encontra o seu reflexo. Por outro lado, em "A Via Crucis do Corpo", Aurélia Nascimento só é capaz de encontrar o seu próprio eu diante do espelho. Elena Losada, professora titular de literatura portuguesa da Universitat de Barcelona (UB), nos fala sobre a representação feminina nas obras de Lispector.
  • Entre estrelas, no céu e na terra

    By Michelly Teixeira on 9 de Enero de 2014
    Amparo de Gata é um exemplo clássico de uma pessoa multitalentos. De um lado, a atriz espanhola tem explorado o universo teatral e cinematográfico do Brasil, com trabalhos realizados no Rio de Janeiro e também em São Paulo. De outro, Amparo de Gata, seu nome artístico, trabalha como investigadora de um grande projeto de astrofísica. Por isso a andaluz, formada […]
  • Ijexá em terras europeias

    By Michelly Teixeira on 2 de Enero de 2014
    Contrariando o sentido comum de que a cultura é o setor que primeiro sente os efeitos da crise, o Iyexá está fazendo concertos aqui na Espanha e também na França. A situação começa a melhorar para a música? Ou as pessoas buscam ritmos mais animados como válvula de escape e para afugentar o pessimismo generalizado? Cristiano Andrade e Munir Hossn, […]
  • Escatologia no humor e nas tradições natalinas

    By Michelly Teixeira on 25 de Diciembre de 2013
    Na Espanha, há comemorações que podem impresionar os desavisados pela sua escatologia. Sim, es-ca-to-lo-gi-a. O excremento faz parte das representações natalinas em regiões como Catalunha, Valencia e Aragón. Mais do que isso: a caca, presença constante nas festas de Natal, também pode ser encontrada na arte e no idioma catalão. Conheça o Caganer, Caga Tió e os ditos populares que enaltecem os benefícios de um bom funcionamento intestinal.
  • Menos esteriótipos, mais subjetividade

    By Michelly Teixeira on 11 de Diciembre de 2013
    Por que a literatura brasileira ainda não emplacou no mercado hispano-hablante? Os estrangeiros vêm os autores brasileiros capazes de criar subjetividade ou o mercado continua demandando relatos de um Brasil esteriotipado? E o Brasil, está mais receptivo à literatura que vem de fora? Quem nos dá as respostas é o escritor e roteirista brasileiro João Paulo Cuenca, que conversou com […]
  • Jazz de verde e amarelo

    By Michelly Teixeira on 9 de Diciembre de 2013
    Ela deixou o Brasil no começo da década de 80. Quase trinta anos se passaram e a cantora Luciana Souza é assertiva: “deixamos o Brasil, mas o Brasil não nos deixa”. E é justamente o toque brasileiro que faz da música de Luciana Souza algo muito especial. A artista, nome respeitado no seleto meio jazzístico norte-americano, com várias indicações ao […]