Educar, formar e humanizar com música

ImagemEm 2011, quando chegou à favela Parada do Lucas, no subúrbio do Rio de Janeiro, o jornalista e músico espanhol Ángel Carmona tinha na bagagem dois violões e muita vontade de ajudar. Sua ideia inicial era montar uma sala de informática para as crianças da comunidade, ainda que ele não dominasse o tema. Mas seu trabalho foi além.

Junto com outra voluntária, a espanhola Nuria Dillán, Carmona montou o projeto “Leoãozinho”, que tem por objetivo formar professores de música dentro da favela Parada de Lucas. Nesta reportagem emitida pela RNE/ Radio Exterior de España (minuto 13’20”), contamos como tudo começou e como essa iniciativa tem prosperado na comunidade.

PLAY
0