Gastronomia com sustentabilidade

imagem_ibericoQuando um restaurante se propõe a ser “sustentável”, pensamos de cara no meio-ambiente. Mas dentro desta palavra cabem muitas outras acepções, como sugere o empresário espanhol Antonio Alcaraz. Seu mais novo empreendimento no Rio de Janeiro, o restaurante Ibérico, também quer ser sustentável do ponto de vista sócio-econômico.

Alcaraz tem clara a ideia de que a gastronomia pode, também, ser uma ferramenta de transformação. É por isso que o Ibérico foi inteiramente construído para aproveitar os recursos naturais. Tem em seu telhado verde um sistema de coleta da água de chuva, a qual serve para a limpeza e também irriga um jardim com espécies autóctonas do Brasil e uma oliveira vinda da Catalunha. Eles também utilizam energia solar, a pintura é ecológica, o solo é drenante e os móveis são de madeira de demolição.

Do ponto de vista de sustentabilidade social e econômica, o Ibérico também tem se mostrado atuante. Compra sua matéria-prima de pequenos produtores, capacita pessoas de baixa renda para o mercado gastronômico e conta com um inovador mecanismo de purificação de água, que produz menos lixo e gera dinheiro para a formação de novos estudantes.

Confira estas e outras ações do Ibérico na entrevista que Antonio Alcaraz concedeu à RNE/ Radio Exterior de España (minuto 1′), e também os planos para o seu irmão mais velho, o Entretapas, em funcionamento no Rio já há quatro anos.

PLAY

(Entrevista emitida originalmente em 1 de maio de 2014)

0