A língua de Cervantes alça novos voos

lenguaespañolaA Espanha tem se esforçado para difundir sua língua e cultura em países que considera estratégicos. Um deles é o Brasil, visto com grande interesse pelo seu potencial de financiar bolsas de estudo em universidades espanholas.

Em parceria com o Ministério de Educação brasileiro e as secretarias estaduais, o governo da Espanha trabalha para normatizar a língua espanhola e treinar professores brasileiros na língua de Miguel de Cervantes (1547-1616). O foco no Brasil aumentou depois que o governo estabeleceu, em 2005, a obrigatoriedade do ensino de espanhol nas escolas brasileiras, embora a frequência dos alunos seja facultativa.

Para conhecer as medidas que estão sendo implementadas neste país lusófono rodeado de vizinhos hispano-hablantes, conversamos com José Suárez-Inclán García de la Peña, assessor técnico do Conselho de Educação do governo da Espanha no Brasil. O conselho de Educação representa o ministério da Educação, Cultura e Esportes da Espanha. Está localizado na Embaixada da Espanha e administra as políticas educativa e científica do estado espanhol no Brasil.

Confira a entrevista concedida à emissão em português da Radio Nacional de España/ Radio Exterior, que começa no minuto 1’30”, e conheça as iniciativas de José Suárez-Inclán de montar uma companhia de teatro no Brasil e até de criar uma torcida brasileira para o Atlético de Madrid.

PLAY