O mestre Portinari e sua obra

“Guerra e Paz”, de Cândido Portinari – diretamente dos salões da ONU para o povo brasileiro

“Guerra e Paz”, de Cândido Portinari – diretamente dos salões da ONU para o povo brasileiro

Pintar “Guerra e Paz” era vital para Cândido Portinari. Ele desrespeitou ordens médicas – as tintas lhe estavam envenenando – para imortalizar na tela sua mensagem de paz. Seu filho, João Candido Portinari, fala nesta entrevista emitida pela RNE/ Radio Exterior de España da “doação da própria vida” do artista em nome de um ideal.

E revela que a ONU permitirá que o mural seja apreciado pelo público por mais um ano. O governo brasileiro escolheu a China para acolher esta mostra itinerante. Falta escolher o outro país que receberá estes dois painéis de 14m de altura por 10m de largura, uma obra que busca “varar os tempos”. Escute esta interessante entrevista a partir do minuto 11’50”.

PLAY

 

1