Slider control shadow
  • Cantarole. Quem sabe o canto se desvela?

    Cantarole. Quem sabe o canto se desvela?

    By Michelly Teixeira on 6 de February de 2014

    Não há como fugir: cedo ou tarde, a experiência de morar fora nos reserva grandes descobertas. No caso de Luna Cohen, ela encontrou dentro de si a arte de cantar. Quando desembarcou em Barcelona, há quase 14 anos, era no universo das artes plásticas que a brasileira transitava. Mas foi compondo e entoando canções que Luna se sentiu realmente à vontade. Só que cantar não estava nos planos de Luna. Não inicialmente. Para saber como foi essa mudança de rumo e conhecer a música do Luna Cohen Grup, escute esta entrevista.

  • Conheça o mundo e encurte distâncias

    Conheça o mundo e encurte distâncias

    By Michelly Teixeira on 3 de February de 2014

    Que normas sociais regem o mercado de trabalho japonês? Como é morar em uma cidade com duas línguas oficiais, como é o caso de Barcelona? E o que costumam comer os autóctones de Madrid, Londres ou Berlim? Um guia turístico provavelmente não esclarecerá todas estas dúvidas, pelo menos não do ponto de vista de um residente. Mas isso é o que propõe o Sem Fio TV, um canal em que brasileiros espalhados pelo mundo contam de maneira descontraída suas experiências de morar no exterior.

  • Para quem quer trabalho, o resto do mundo

    Para quem quer trabalho, o resto do mundo

    By Michelly Teixeira on 29 de January de 2014

    Diante da impossibilidade de mudar o quadro de desemprego na Espanha, até o poder público reconhece a necessidade de dar assistência, ao menos informativa, aos jovens que se lançam em terra estrangeira. Um exemplo parte da prefeitura de Barcelona, que apoia uma campanha com um nome um tanto exultante para o contexto econômico em que vive o país: “Um mundo de oportunidades”.

  • Nostalgia anima gastronomia espanhola no Brasil

    Nostalgia anima gastronomia espanhola no Brasil

    By Michelly Teixeira on 28 de January de 2014

    Quando o tema é comida, os espanhóis emigrados são muito nostálgicos. Tanto que o coletivo já representa 60% dos clientes da Espacarne, que fabrica no Brasil embutidos ibéricos como chistorra, chorizo e sobrasada. Os produtos são feitos no Brasil, mas temperados com especiarias espanholas. Para contentar esse público tão nostálgico como fiel, a empresa, fundada em Curitiba por espanhóis de Múrcia, cogita até produzir em solo brasileiro o tão apreciado jamón ibérico.

  • Um militante LGBT dentro da igreja

    Um militante LGBT dentro da igreja

    By Michelly Teixeira on 22 de January de 2014

    Para fugir do preconceito, Tiago Henrique Gomes decidiu trocar o Brasil pela Espanha. Em Barcelona, se tornou um militante LGBT e ajuda homossexuais, especialmente imigrantes, a lidarem com a identidade de gênero e assumi-la em um ambiente tão conservador como pode ser uma igreja protestante. O brasileiro tem orgulho de ser gay e de auxiliar pessoas a se assumirem. Mas como será que ele lida com o conservadorismo da igreja? É possível frequentar uma igreja sem ferir suas próprias convicções? Para conhecer as respostas e saber como é ser gay no Brasil e na Espanha, ouça esta entrevista.

  • Refugiados LGBT: quando a única opção é o autoexílio

    Refugiados LGBT: quando a única opção é o autoexílio

    By Michelly Teixeira on 21 de January de 2014

    É cada vez mais comum ver pessoas que buscam guarida em outros países para pôr fim às perseguições e reprimendas por sua orientação sexual. O status de “refugiado”, amplamente aplicado em casos de acosso político, ideológico ou religioso, agora está sendo usado pelos LGBT. Rodrigo Araneda, presidente da Acathi, associação catalã para integraçao de homossexuais, bissexuais e transexuais imigrantes, fala sobre o tema nesta entrevista.

  • A utopia ibérica de Saramago

    A utopia ibérica de Saramago

    By Michelly Teixeira on 18 de January de 2014

    Lanzarote, Espanha. Nesta ilha canária, o escritor José Saramago morou por 18 anos, até o fim de seus dias. E foi nestas paragens, lembranças de fúria vulcânica, que a literatura de Saramago ganhou uma nova perspectiva. Da fase “Estátua”, seus escritos passaram à da “Pedra”. Na etapa Pedra, inaugurada justo em uma ilha onde a lava petrificou a paisagem, Saramago explorou mais a fundo a singular matéria da estátua, direcionando seu olhar ao indivíduo, mais que ao coletivo. Pilar del Río, jornalista e tradutora, casada com José Saramago por 22 anos, nos recebeu na casa onde viveram juntos, em…

  • O universo feminino sob o olhar de Lispector

    O universo feminino sob o olhar de Lispector

    By Michelly Teixeira on 11 de January de 2014

    A construção da identidade feminina é um dos traços marcantes da obra da brasileira Clarice Lispector. E a relação de seus personagens com o espelho expõe esta busca por uma identidade. No livro “A Hora da Estrela”, Macabéa procura sua imagem, mas não encontra o seu reflexo. Por outro lado, em “A Via Crucis do Corpo”, Aurélia Nascimento só é capaz de encontrar o seu próprio eu diante do espelho. Elena Losada, professora titular de literatura portuguesa da Universitat de Barcelona (UB), nos fala sobre a representação feminina nas obras de Lispector.