Formação para reconhecer um bom azeite de oliva

Imagem_AzeiteO Brasil não é, nem de longe, um grande produtor de azeite de oliva, mas é o décimo maior consumidor mundial deste produto, em uma lista liderada por Itália, Espanha, Estados Unidos e Grécia.

E já que está localizada na Andaluzia, região da Espanha responsável por quase 25% de toda a produção mundial de azeite, a Universidade de Jaén se sentiu na obrigação de capacitar profissionais brasileiros na arte de reconhecer um um azeite de oliva extra-virgem.

Para falar desta façanha, convido o reitor da Universidad de Jaén, Manuel Parras Rosa. A entrevista concedida à emissão em português da Radio Nacional de España/ Radio Exterior você escuta aqui, a partir do minuto 10’28’.

0