Peu Meurray transforma lixo em música e inserção social

imagem_PEUNo universo alternativo baiano, este artista é rei. Sua arte é fortemente carregada de um componente social, para não dizer também ecológico. Ecológico pela fabricação de tambores de pneus. Social pelos projetos com crianças e adolescentes de comunidades carentes. Falo do percussionista e artista plástico Peu Meurray, que com seu Espaço Cultural Galpão Cheio de Assunto formou dezenas de jovens, ensinando música, conceitos de reciclagem e promovendo a inserção social.

Em seus mais de 20 anos de carreira percussiva, Peu Meurray dividiu o palco com artistas como Seu Jorge, Carlinhos Brown, Marisa Monte, Pepeu Gomes e Daniela Mercury. Como compositor, tem suas músicas gravadas por Ivete Sangalo, Arnaldo Antunes, Davi Moraes, Preta Gil, Timbalada e Tribahia. Ele também tem lugar cativo na Itália, onde é conhecido pelas atuações com Lorenzo Jovanotti e a banda Negrita. Não faz muito tempo que ele veio a Barcelona para participar do Día de Brasil, onde, com a batucada em seus tambores pneumáticos, ele contagiou o público brasileiro-barcelonês.

Nesta entrevista à Radio Nacional de España/ Radio Exterior (minuto 1′), ele fala do seu projeto artístico e socioambiental com crianças e adolescentes. E conta, também, como foram os primórdios de seu trabalho de converter lixo em luxo, muito antes de a reciclagem se tornar moda.

PLAY
1