Salve Jordi!

Quem nunImagem_SaoJorgeca ouviu a história do cavaleiro Jorge, que mata o dragão que aterrorizava a cidade e salva a princesa das garras do monstro? E quem nunca viu nas crateras lunares a imagem do santo guerreiro matando o temível dragão? A lenda de São Jorge está no imaginário popular e na Espanha os feitos deste guerreiro viraram marca da tradição e da cultura local. Cada comunidade autônoma espanhola tem seu padroeiro e São Jorge é tido como o protetor das Ilhas Baleares, de Aragón e também da Catalunha.

De todas estas localidades, a comemoração do dia de São Jorge na Catalunha talvez seja a mais festiva e emblemática. Todo 23 de abril, data da morte do santo guerreiro, a Catalunha vira uma grande festa. Postos de venda de livros e de rosas estão por todas as partes e a “senyera”, a bandeira da comunidade catalã, que intercala barras horizontais amarelas e vermelhas, também forma parte da paisagem.

Foto: Michelly TeixeiraEm terras catalãs, o dia de Sant Jordi, como se diz por aqui, é comemorado por todos, mas também é visto como uma espécie de “dia dos namorados”. É quando o romantismo está em alta e os casais trocam rosas vermelhas e livros. Nesta reportagem, andei por Barcelona para ouvir de casais, galeristas e livreiros o que esta data representa. E também descobri que é possível, sim, comprar um livro sem gastar nenhum centavo. Para saber como, basta apertar o play e ouvir a matéria, produzida para a Radio Nacional de España/ Radio Exterior, a partir do minuto 2’25”.

PLAY

Fotos: Michelly Teixeira

Foto: Michelly TeixeiraFoto: Michelly Teixeira

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Michelly TeixeiraFoto: Michelly Teixeira

6