A utopia de um quilombo urbano

O fotógrafo e sociólogo espanhol Sebastián Liste foi em 2003 ao Brasil e lá se deparou com uma verdadeira utopia: uma comunidade que se mantinha à margem da sociedade, com suas próprias regras e normas de conduta. Eram dezenas de famílias que haviam ocupado uma fábrica de chocolates abandonada e lá criaram um microcosmos, uma cultura de resistência no meio da caótica Salvador, capital da Bahia. Lá, Sebastián Liste morou e eternizou em suas imagens a utopia da Comunidade Barreto. Dez anos depois da ocupação, o governo expulsou as famílias da fábrica desativada, empurrando-as para a periferia da capital baiana. Mas este problema não é exclusivo da Bahia. Em várias partes do Brasil, a população pobre tem sido enviada para longe dos olhos dos turistas, ainda mais agora com a proximidade da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos. Liste tem exposto em vários cantos do mundo a realidade desta comunidade que já não existe mais. E conta nesta entrevista (minuto 8’35”)  como foi viver nesta comunidade e presenciar sua construção e dissolução.

PLAY

A seguir, algumas das fotos de Sebastián Liste que integram o projeto “Urban Quilombo“.

sebastian1

sebastian2

1173788_10201982110498117_441237920_n

1239637_10201982107898052_384386854_n

1174668_10201982003215435_186427340_n

1240653_10201981985734998_1854792924_n

 

2